O Quarto do Bebê – uma escolha fácil? Nem tanto!

Quando começamos a pensar na montagem do quartinho da nossa filha, a Maria Cecília, eu estava grávida de 05 meses. O primeiro passo foi procurar uma ajuda especializada, já que eu tinha em mente otimizar ao máximo o espaço que nós dispúnhamos no apartamento, que era o quarto de TV, que seria transformado no quarto do bebê. Isso precisava ser feito da melhor forma possível, não somente transformar o espaço, mas, tornar o espaço realmente o quarto de uma criança que viveria nele a melhor fase da sua vida, a primeira infância.

A escolha do profissional

Quando nos deparamos com a necessidade de um novo ambiente, seja nossa casa ou um ambiente de trabalho é muito comum acharmos que basta ter bom gosto na escolha do mobiliário e a decoração estará solucionada. Além disso, ainda existe a ideia de que contratar um designer de interiores ou um arquiteto especializado em ambientes internos pode ser muito caro e não vale a pena. Envolver um profissional especializado e dedicado em todo o processo da obra pode trazer economia, tranquilidade e um resultado final ainda mais prazeroso e até lucrativo tem termos comerciais.

Para escolher o arquiteto que vai assinar um projeto de interiores, seja ele em que ambiente for, principalmente, o quarto do seu bebê é necessário seguir alguns passos importantes:

  1. É preciso que o profissional escolhido tenha empatia e gere confiança imediata em quem o está contratando, pois ele precisará saber informações sobre sua vida, seus hábitos, suas preferências e passará muito tempo com você, tornando-se quase um membro da família. Então, quanto mais empatia, melhor para o resultado final;

 

  1. Ideal que o profissional de interiores seja também arquiteto, pois a arquitetura contribui com elementos como melhoria da percepção espacial do ambiente, harmonização com áreas externas, fechamentos e aberturas de vãos, identificação e solução de patologias, emissão de laudos técnicos e dá capacitação técnica para o acompanhamento de obras, se for o caso;

 

  1. A contratação de um profissional de arquitetura e interiores garante o acompanhamento do projeto durante toda a obra, para que tudo seja executado de acordo com o estabelecido;

 

  1. O profissional especializado aplica sua experiência e conhecimento de materiais, mobiliário, iluminação, cores, conforto ambiental, layout, distribuição e fornecedores, no sentido de projetar o melhor aproveitamento visual e funcional do ambiente, além de prover economia ao cliente, aliando estética e funcionalidade com harmonia, sempre atento ao conforto do cliente;

 

  1. Contratar o profissional especializado é o caminho mais curto e menos oneroso.

 

Com tudo isso em mente, eu queria o melhor profissional para me ajudar a ter o quartinho dos nossos sonhos para a Maria Cecília, e fui buscar na internet trabalhos que eu me identificasse. Foi quando encontrei a arquiteta Jeilie Ferreira com vários trabalhos lindos e inúmeros depoimentos de clientes que me emocionaram. Marcamos uma reunião e quando a conheci pessoalmente tive a certeza que seria ela! Ela me escutou atentamente, tudo que eu queria ou não gostaria de ter no quarto da Maria Cecilia, me explicou várias coisas que eu nem fazia ideia a respeito de um projeto de quarto de bebê, enfim, foi a melhor escolha que eu poderia fazer! Tenho certeza que será o melhor e mais lindo quartinho de bebê, o quarto da nossa Maria Cecília!

 

Finalmente, o Quarto do Bebê!

Esse é o primeiro lugar que o bebê vai se ambientar depois de sair da confortável barriga da mamãe. Cada detalhe deve ser pensado por um profissional habilitado, com muito carinho.

Fazer um projeto traz muitos benefícios para o bebê e para os pais também. Com os apartamentos cada vez menores, cada centímetro deve ser bem aproveitado. Os móveis devem ser ergonomicamente corretos e somente um profissional capacitado e com experiência pode estar atento a estes detalhes. Diferente de quando você compra tudo e coloca no ambiente, você correrá o risco de móveis fora do tamanho adequado para seu espaço, além de cantos mal aproveitados. É o que nos ensinou a Arquiteta Jeilie ao iniciar o projeto do quarto da nossa bebê.

Em breve, o projeto completo do Quarto da Maria Cecília!

Continue Reading